Como Criar Uma Persona

Conhecer o público-alvo de uma empresa é fundamental para estabelecer e manter um relacionamento saudável e promissor, mas nem sempre isso é possível devido à grande quantidade e variedade. Por isso, os departamentos de marketing digital das empresas utilizam uma técnica para classificar o perfil do seu público, criando uma Persona. Esse recurso consiste em encontrar ocorrências mais comuns no universo de clientes e criar um perfil único com características físicas e psicológicas que irá representá-lo.


Por que criar uma Persona é importante


Estabelecendo um perfil único do público-alvo, as estratégias do marketing digital podem ser direcionadas de forma objetiva. É melhor se comunicar tendo em mente uma pessoa que será a representação média do seu público, do que tentar falar genericamente para todos. O foco da comunicação ficará dispersa e perderá a força. Poucas pessoas serão impactadas.

A Persona é criada levando em conta informações importantes sobre as motivações do usuário, seus desejos, etc, e também, dados mais concretos, como idade, profissão, cargo, entre outras informações.

O que é preciso para criar uma persona?

O primeiro passo é conseguir informações junto ao usuário, mas de forma sutil, sem ser agressivo. Oferecer conteúdo relevante sobre determinado assunto, como um e-book gratuito, convidar para uma palestra ou curso, são maneiras sutis que levam o usuário a preencher um formulário com seus dados pessoais. Questões fundamentais que devem ser solicitadas: nome completo, data de nascimento, sexo, onde mora ou trabalha, faixa de renda, sexo, estado civil, necessidades, desejos, hobbies etc.

Como criar uma Persona se a empresa acabou de iniciar as atividades e não tem como oferecer nada? Talvez, o primeiro mandamento de toda empresa é ter um atendimento de primeira e ser franco: diga que está começando e gostaria que eles respondessem algumas perguntas como forma de contribuir para a melhorara dos serviços. Depois, envie um e-mail de agradecimento. Marque presença junto à comunidade onde está inserida, apoiando festividades da região ou entidades assistenciais, promova palestras sobre seu ramo de atividade em associações. São algumas ações que podem ser adotadas para alimentar o banco de dados.

Persona

Como criar a Persona a partir das informações

Depois de reunir todas as informações sobre o público-alvo, as primeiras perguntas devem ser:

  • Quantos perfis básicos conseguiu captar?
    • Quais são eles?

Com a primeira informação acima é possível estabelecer quantas Personas surgirão da base de dados. A segunda irá classificá-las, por exemplo, foram identificados dois perfis e eles são Persona A (principal) e Persona B (secundária), cuidado para que não sejam criadas muitas Personas para evitar confusão.

Perguntas específicas vão delineando o aspecto físico e psicológico da Persona, por exemplo:
1- Qual o sexo da maioria?
2- Qual a faixa etária?
3- Qual o seu cargo?
4- O que o motiva?
5- Qual sua principal dificuldade?
6- Qual é o seu principal problema?
7- O que ela busca em uma solução
8- Quais são suas motivações?
9- Como ela vê o produto?
10- Quais são seus interesses?

A parte mais interessante é a construção da Persona. A partir das respostas mais frequentes das questões acima, é possível dar características físicas e psicológicas. Vamos criar a Persona seguindo a ordem (apenas o nome é variável para tornar a Persona mais realista), veja o exemplo:

Persona A: Martha [1] tem 32 anos [2], solteira sem filhos, é gerente comercial [3] e ela gosta de informações que possam motivar sua equipe [4]. A falta de engajamento de alguns [5] influencia no desempenho dos outros colaboradores [6]. Ela quer oferecer uma palestra motivacional [7], pois acredita no potencial do seu time [8], apenas acha que ele (time) precisa de estímulo para superar as metas. Considera a palestra motivacional importante para levantar a autoestima das pessoas e encontrar caminhos para soluções cotidianas de suas atividades [9]. Martha gosta de esportes radicais, participa de maratonas e está sempre praticando algum tipo de atividade física [10].

Com essa descrição é possível imaginar como seria a Martha, tanto fisicamente como psicologicamente. Criar uma Persona é um exercício excitante e também muito importante, pois torna o foco das ações do marketing digital mais dirigido (o mesmo critério seria adotado para a formação da Persona B).

 

Entre em contato para tirar suas dúvidas sobre o assunto e discutirmos as necessidades do seu negócio.

Assine a nossa
newsletter

As novidades não param de chegar, fique sempre antenado em primeira mão.