Como atrair espontaneamente o interesse dos usuários com o Inbound Marketing

Com o volume de publicações existentes na internet, atrair a atenção e se relacionar com o usuário não é uma tarefa fácil. É exatamente esse o objetivo do Inbound Marketing: fazer as pessoas interagirem espontaneamente com o que é publicado. Isso pode ocorrer por meio de fóruns de discussão, formulários para serem preenchidos, webinars, blogs, testes de opinião, entre outros meios.

O intuito dessa ferramenta é conhecer melhor os hábitos e interesses do usuário para oferecer novas experiências a ele em relação à empresa, produtos ou serviços. Para atingir esse grau de interação o Inbound Marketing se baseia em técnicas de abordagem, como o SEO (Search Engine Optmization), ferramenta utilizada para melhorar o posicionamento nos sites de busca com o uso de palavras-chave; Marketing de Conteúdo que consiste na elaboração de informações relevantes e que desperte o interesse; Estratégias de Mídias Sociais, que busca aprofundar o relacionamento com o usuário.

Atraindo usuários para seu site através do Inbound Marketing.

Todo o processo do Inbound Marketing é delicado e precisa ser construído etapa por etapa para que seu objetivo seja atingido. Conheça as orientações importantes em cada fase:

  1. Atração: Despertar uma boa primeira impressão é fundamental desde o início. Se o usuário for qualificado, ou seja, está em busca do que a empresa tem a oferecer, melhor ainda.
  2. Conversão: Já que o visitante encontrou o que desejava, é hora de transformá-lo de simples usuário em lead obtendo dele algum tipo de informação. Pode ser por preenchimento de formulário ou solicitando um e-mail de contato, por exemplo. Para tornar a experiência atraente, pode ser oferecido algum manual online, acesso a algum conteúdo mais relevante, e-books, etc.
  3. Relacionamento: É a fase para identificar os leads de acordo com os campos de interesse para oferecer conteúdo para suas necessidades. É nesta etapa que ocorre o amadurecimento da relação.
  4. Encantamento: Nesta fase o lead já virou cliente e é preciso fazer o acompanhamento efetivo com ações de pós-venda para saber se ele está satisfeito com o produto ou serviço. Discretamente, é possível saber de suas expectativas futuras e até enviar convites para possíveis eventos, encontros ou lançamento de algum produto. Não esquecer de pequenos mimos, como envio de mensagens em datas comemorativas (aniversário, Natal, etc), e/ou promoções de produtos afinados com seu perfil.

 

Outbound Marketing, forma tradicional de divulgação.

O oposto do Inbound Marketing é chamado de Outbound Marketing. A diferença entre eles é bastante clara. O Inbound Marketing estimula o relacionamento espontâneo, por isso não são necessários grandes investimentos para promover a participação. A implementação das estratégias também é mais rápida porque as pessoas estão predispostas às abordagens.

Já no Outbound Marketing, é preciso investir em materiais para atrair o consumidor, como mala direta, flyers, telemarketing ativo, prospecção ativa, comerciais em TV e rádio e até mesmo campanhas digitais pagas em sites e portais.
Apesar de utilizar ferramentas off-line tradicionais, o Outbound Marketing ainda é útil para as estratégicas de marketing das empresas.

Conhecendo as diferenças e vantagens entre o Inbound Marketing e o Outbound Marketing fica mais fácil trabalhar as duas ferramentas para que se complementem e ajudem a traçar um planejamento de marketing eficiente e que traga resultados promissores.

 

Entre em contato para tirar suas dúvidas sobre o assunto e discutirmos as necessidades do seu negócio.

Assine a nossa
newsletter

As novidades não param de chegar, fique sempre antenado em primeira mão.